Caminhada contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes alerta a sociedade tucumaense

Caminhada contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes alerta a sociedade tucumaense


Envie um link

"É importante a participação da sociedade vigiando e denunciando tais abusos. Para tanto, o Disque 100 é um número nacional onde você de forma anônima (sem se identificar) pode denunciar casos desta natureza, colaborando com a punição destes criminosos."


Notícias, publicado em 31/05/2019

NÃO SE CALE, DENUNCIE! Para denunciar crimes envolvendo crianças e adolescentes, basta ligar para o Disque 100 ou Disque 181. Ou então entrar em contato com o Conselho Tutelar ou o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do município.

Roney Braga Wydiamaior/ Assessor de Comunicação do Governo de Tucumã / Fotos/ Colaboração/ Juscelino Menezes.


Centenas de estudantes participaram de uma caminhada na manhã de hoje (31), em Tucumã. A movimentação faz parte das atividades alusivas ao mês de combate à exploração sexual infanto-juvenil. A data é comemorada em 18 de maio, mas os organizadores optaram por fazer na data de hoje.



Participam do evento alunos da rede municipal e estadual, membros da comunidade, bem como servidores públicos, secretarias municipais de saúde, desenvolvimento social, educação, conselho municipal da criança e do adolescente, conselho tutelar, creas, apae, casa de misericórdia, policia militar e entre outros.  

 

Entre as ações de proteção e conscientização foram realizadas na Praça Ronan Magalhães por alunos de escolas municipais, adesivaço alertando crianças e adolescentes sobre abuso sexual.



O prefeito Adelar Pelegrini esteve presente e aproveitou o momento para demostrar a preocupação do poder público com o tema, destacando o papel do trabalho em conjunto das secretarias municipais, além do Conselho Tutelar e entidades com a sociedade civil organizada e juntos e de forma intersetorial, formam uma verdadeira cruzada para combater e elucidar os fatos relativos ao tema.

 

Abuso sexual x Exploração sexual


Não apenas o abuso sexual (que normalmente acontece no seio familiar do jovem), mas também a exploração sexual é combatida nesta data.



Muita gente confunde o significado do abuso sexual com a exploração sexual. São duas coisas diferentes. A exploração sexual consiste em usar a criança ou o adolescente como meio de faturar dinheiro, oferecendo o menor como "ferramenta" de satisfação sexual.

  

Como surgiu o Dia Nacional Contra o Abuso e Exploração Sexual Infantil


A escolha desta data é em memória do "Caso Araceli", um crime que chocou o país na época. Araceli Crespo era uma menina de apenas 8 anos de idade, que foi violada e violentamente assassinada em 18 de maio de 1973. Este crime, apesar de hediondo, ainda segue impune.


O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído oficialmente no país através da lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000.



Normalmente, nesta data, são realizadas diversas atividades, sejam nas escolas e demais espaços sociais, como por exemplo palestras e oficinas temáticas sobre a prevenção contra a violência sexual.



O Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes é o grupo responsável por organizar e promover nacionalmente esta data.



No Brasil, o Disque 100 é um serviço gratuito disponibilizado pela Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República que registra denúncias anônimas de jovens que se sintam ameaçados ou que sofreram qualquer tipo de abuso ou exploração sexual.