Centro de Testagem e Aconselhamento oferece atendimento e tratamento de HIV.

Centro de Testagem e Aconselhamento oferece atendimento e tratamento de HIV.


O município disponibiliza teste rápido de HIV, Hepatites Virais e Sífilis. Ele é seguro, gratuito e sigiloso. Realizado a partir da coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo.


Notícias, publicado em 03/12/2017

Beijo, toque, abraço, aperto de mão, compartilhamento de toalhas, talheres, pratos, suor ou lágrimas não transmitem a doença e não há risco nesses tipos de contato com uma pessoa soropositiva.

Com Informações de Roney Wydiamaior


O município de Tucumã disponibiliza diariamente testes rápidos de HIV, Sífilis, e outros que são aplicados para a população em geral no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) no Hospital Municipal Hilarina Barretos (HMHB) ou seja no 10 de maio localizado na Avenida Ceará no Bairro das Flores.


Nesse trabalho de ampliar a oferta ao diagnóstico, o município disponibiliza teste rápido de HIV, Hepatites Virais e Sífilis. Ele é seguro, gratuito e sigiloso. Realizado a partir da coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo. O resultado sai em cerca de 20 minutos e é comunicado diretamente por um profissional capacitado. O serviço também oferece aconselhamento e indica outros serviços de referência, em caso de necessidade.


Segundo Brais Ricardo Dutra, enfermeiro coordenador do Centro de Testagem e Aconselhamento de Tucumã, explica que a Secretaria Municipal de Saúde, disponibiliza uma equipe médica qualificada e capacitada ao qual envolve enfermeiros, psicólogos e assistente social. Brais informou ainda que cerca de 80 pessoas são assistidas pelo o poder público via Tratamento Fora de Domicílio (TFD). 


Fique Sabendo


O HIV pode ser transmitido por relações sexuais desprotegidas (sem o uso do preservativo), anais, vaginais e orais; pelo compartilhamento de agulhas e seringas contaminadas e de mãe para filho durante a gestação, o parto e a amamentação.


Beijo, toque, abraço, aperto de mão, compartilhamento de toalhas, talheres, pratos, suor ou lágrimas não transmitem a doença e não há risco nesses tipos de contato com uma pessoa soropositiva.

 

Você sabia.


O Dia Mundial de Luta Contra a AIDS foi definido pela Assembleia Mundial de Saúde, em outubro de 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU). No Brasil, a data passou a ser adotada, a partir de 1988, por uma portaria assinada pelo Ministério da Saúde. O laço vermelho é visto como símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a doença. O projeto do laço foi criado, em 1991, pela Visual AIDS, grupo de profissionais de arte de New York para homenagear amigos portadores da doença.