Justiça eleitoral convoca eleitores de Tucumã e Ourilândia do Norte para biometria.

Justiça eleitoral convoca eleitores de Tucumã e Ourilândia do Norte para biometria.


Envie um link

"Todos os eleitores da 74ª zona eleitoral da jurisdição que abrangem as cidades de Tucumã e Ourilândia do Norte vão ter obrigatoriamente de passar pelo atendimento Biométrico no Cartório eleitoral até o dia 21 de dezembro deste ano. "


Notícias, publicado em 20/11/2018

Magistrado explicou ainda que a coleta de digitais das pessoas, foto e assinatura para confecção de um documento mais seguro.

Texto Roney Wydiamaior/ As com/ PMT/ Fotos Otávio Sampaio.

 

Tornar o sistema eleitoral mais seguro e menos suscetível a fraudes: esse é o objetivo do recadastramento biométrico, realizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em parcerias com o Tribunal Regional Eleitora do Pará (TER/PA). O sistema com leitor biométrico, que identifica as impressões digitais, garante maior segurança para a identificação do eleitor no momento do voto, e impede que alguém vote no lugar de outro eleitor, já que a impressão digital é única.


Todos os eleitores da 74ª zona eleitoral da jurisdição que abrangem as cidades de Tucumã e Ourilândia do Norte vão ter obrigatoriamente de passar pelo atendimento Biométrico no Cartório eleitoral até o dia 21 de dezembro deste ano.


A biometria é uma tecnologia de segurança avançada e armazena características físicas intransmissíveis de pessoas. Para as eleições, serão coletadas impressões digitais, assinatura eletrônica e fotografia digitalizada. Nas ultimas eleições para deputado federal, estadual, senadores, governador e presidente da republica estavam aptos e direitos a votos Tucumã 26. 762 e Ourilândia do Norte 22.419 eleitores.


O juiz eleitoral Dr. Haendel Moreira Ramos em entrevista para imprensa falou sobre a parceria entre poder publico municipal com a justiça eleitoral ao promover em conjunto um grande mutirão que iniciou no ultimo dia 09 de novembro e irá ser estender até o próximo dia 21 de dezembro deste ano.


O magistrado também fez um alerta ao cidadão tanto de Tucumã quanto de Ourilândia do Norte sobre as penalidades na forma da lei para quem não realizar o processo de atualização e cadastramento no sistema de biometria. Entre as penalidades segundo o magistrado estar o cancelamento do titulo de eleitor, perda de benefícios de programa sociais a exemplo do Bolsa Família, restrição no Cadastro de Pessoas Físicas ( CPF) emissão do Passaporte, impossibilitado de se escrever em concurso publico entre outras penalidades que estão devidamente prevista na forma da lei. Assegura o Dr. Haendel Moreira.  



Magistrado explicou ainda que a coleta de digitais das pessoas, foto e assinatura para confecção de um documento mais seguro. Sem possibilidade de fraudes e que o atendimento biométrico em Tucumã ocorre no Cartório eleitoral localizado na Avenida Belém, 301 no centro da cidade e informações podem ser consultada no telefone (94) 3433 – 3325. Ou no portal do Tribunal Regional Eleitoral http://www.tre-pa.jus.br/