Prefeitura emite nota de pesar por perca de pioneira das causas sociais em Tucumã

Prefeitura emite nota de pesar por perca de pioneira das causas sociais em Tucumã


Fundou, juntamente com suas filhas e algumas amigas, a ASSOCIAÇÃO PRO- MULHER e ali construiu uma escola que atendia a todos indistintamente, tendo apoio na época da Colonizadora Construtora Andrade Gutierrez.


Notícias, publicado em 12/04/2018

Luto, descanse em paz Maria Edith Wobeto Carravetta. Deus é contigo

Com Informações de Roney Wydiamaior

 

É com sentimentos de pesar que o Prefeito, Adelar Pelegrini lamenta o falecimento de nossa querida amiga Dona MARIA EDITH WOBETO CARRAVETA, ocorrido nesta manhã (12/04/2018) em Tucumã, de causas naturais. Ela parte deixando-nos muitas lições de amor, amizade, ética e humanidade.

 

Nascida no estado do Rio Grande do Sul. Dona Edite, como era chamada, chegou em Tucumã em março de 1984 e desde então percebeu a necessidade de ajudar a seus próximos e começou a se envolver no social.

 

Fundou, juntamente com suas filhas e algumas amigas, a ASSOCIAÇÃO PRO- MULHER e ali construiu uma escola que atendia a todos indistintamente, tendo apoio na época da Colonizadora Construtora Andrade Gutierrez. Achando que poderia fazer ainda mais, e preocupada com seu próximo, fundou a primeira escola que abrigava portadores de necessidades especiais, levando esse projeto ao então prefeito João Roberto da Silva que deu seu aval e apoio a iniciativa.

 

Ainda no social Dona Edite fez a doação de uma área de terra para ser implantada a Fazenda da Esperança entidade ligada a Igreja Católica. Recebeu no ano de 2014 homenagens com o seu nome o Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Tucumã (CREAS). Foi outorgada pela a Câmara Municipal Título de Cidadã Tucumaense. Entre outras atribuições.

 

Sua falta será profundamente sentida por todos devido a grande contribuição que deu para o desenvolvimento do município de Tucumã. Mulher dedicada à família, ao trabalho e ainda dispunha de seu tempo para se dedicar às causas sociais. 
D. Edith era incansável no convívio nesta comunidade e se manteve sempre de braços abertos a apoiar quem dela necessitasse. Deixa 03 filhos, 06 netos e 03 bisnetos.