Prefeitura preste a inaugurar centro Cultural de Tradição Gaúcha de Tucumã

Prefeitura preste a inaugurar centro Cultural de Tradição Gaúcha de Tucumã


O prefeito Adelar Pelegrini, em visita as construções das obras do CTG, diz que momentos como este são de alegria para a comunidade o que demonstra que o governo entende que somente com a união de todos e possível conseguir o desenvolvimento.


Notícias, publicado em 11/04/2018

A comunidade gaúcha, portanto, representa uma parcela significativa a população da região, e ao longo do tempo tem reunido esforços para ter um centro próprio e que possua estrutura para acolher suas atividades.

Com Informações de Roney wydiamaior

O prefeito de Tucumã Adelar Pelegrini esteve visitando as obras de construção do Centro Cultural de Tradições Gaúcha (CTG Porteira da Amizade de Tucumã). Um convênio assinado no ano de 2017 entre prefeitura de Tucumã com o Governo Federal via Ministério do Turismo irá possibilitar levar para os munícipes entretenimento, turismo e cultura.

O Centro Cultural de Tradições Gaúchas de Tucumã está sendo construído em um terreno em que Associação Centro de Tradições Gaúcha – Porteira da Amizade que tem como lema:” Amizade sem fronteiras, resgatando tradições” fez a doação da área repassando para prefeitura de Tucumã ao qual junto ao Departamento de Terra e Patrimoniais realizou os procedimentos de regularização o que permitiu conseguir emenda parlamentar no valor de R$ 250 mil ( Duzentos e cinquenta mil, quatrocentos é nove reais e setenta e nove centavos) do então Deputado Federal, Wandenkolk Gonçalves, em atendimento a requerimento do vereador Savanas, Presidente da câmara municipal.

O prefeito Adelar Pelegrini, em visita as construções das obras do CTG, diz que momentos como este são de alegria para a comunidade o que demonstra que o governo de Tucumã entende que somente com a união de todos e possível conseguir o desenvolvimento em todas as áreas administrativas. “Estamos sempre buscando essas conquistas e felizes em poder realizar em breve a entrega de mais uma obra da nossa administração para a nossa gente e dizer que este espaço representa o respeito e o carinho que temos não só pelo ao povo do sul do País, mais sim por todos que de uma maneira e outra contribui para que Tucumã seja uma cidade cada vez mais promissora”. Lembra Adelar Pelegrini.

O Radialista do Programa de Rádio “Roda de Chimarrão” atualmente exercer o cargo de presidente do Centro de Tradições Gaúchas de Tucumã, denominado de “Porteira da Amizade”, José Romualdo da Rocha o Zeca Gaúcho, disse estar muito agradecido a todos envolvidos na liberação do recurso. Desde de 2008 eu e mais 14 pessoas estávamos lutando por este objetivo da construção da nossa sede própria. Zeca lembrou ainda que a ideia e que o espaço seja utilizado não só pelos os tradicionalistas, mas pela comunidade em geral, observa.

Cultura.

A implantação do Centro de Tradições Gaúchas (CTG Porteira da Amizade de Tucumã) se justifica devido a cidade de Tucumã-PA, ter origem na década de 1970, quando a união deu início a incentivos para a ocupação da Amazônia, na época muitos migrantes do sul do país vieram para a região e aqui permaneceram, não deixando porém, de preservar suas raízes e tradições.

A comunidade gaúcha, portanto, representa uma parcela significativa a população da região, e ao longo do tempo tem reunido esforços para ter um centro próprio e que possua estrutura para acolher suas atividades.

A construção deste CTG visa proporcionar à comunidade gaúcha residente em tucumã, um local para realização de festas, jogos, reuniões comunitárias, além de oportunizar a realização de eventos no âmbito regional, uma excelente forma de incentivo ao turismo na cidade de Tucumã.

A construção do CTG consistirá na construção de um galpão, com banheiros, uma cozinha comunitária, um palco para apresentações, e um local livre para o público, que pode ser destinado a mesas e pode tornar se local para danças em outros momentos.

O local para implantação do objeto foi escolhido em função dos acessos, fica próximo à PA-279, possui uma área ampla, o que possibilita a realização de eventos de grande porte com espaço para a implantação de estacionamentos.

O Bairro de implantação do objeto, Palmeira II, é uma região carente da cidade, e caracteriza se pela falta de estruturas de lazer. A implantação de um local como o CTG, nesta região dará à população local um espaço estruturado de acesso à cultura, e proporcionará à região um novo atrativo turístico.